sábado, 8 de setembro de 2007

Como escrever um bom início?


Você já reparou como um livro é analisado por um possível comprador em uma livraria? Ele olha a capa, lê a sinopse no verso e procura por informações nas orelhas. Além disso, na maioria das vezes, o leitor lê as primeiras páginas e toma sua decisão de ficar ou não com o livro com base no início da história! O papel do primeiro capítulo ou prólogo é fazer com que o leitor tenha vontade de continuar lendo. Mas como fazer isso? Simples: o início deve conter elementos que despertem curiosidade. Os primeiros parágrafos adiantam o que o leitor deve esperar do restante do texto. Seja direto e comece com um conflito ou outro ponto de tensão. Não perca tempo descrevendo demais personagens ou locações. Veja, por exemplo, o prólogo do livro Teia Negra: “Assim que entraram no apartamento, Robert foi direto ao escritório pegar alguns papéis e deixou seu convidado aguardando na sala. Ao abrir a gaveta do pequeno arquivo de madeira, sentiu um calafrio e virou-se repentinamente. Uma pistola com silenciador estava apontada para sua cabeça. O cano longo, a poucos centímetros de sua testa, exalava o cheiro dos restos de pólvora das vezes anteriores em que a arma fora usada. Sem que qualquer palavra fosse dita, o gatilho foi puxado. A bala entrou um pouco acima dos olhos, fazendo Robert cair, quase que instantaneamente."
Repare que neste único parágrafo colocou-se na mente do leitor diversos questionamentos: Quem é Robert? Quem o matou? Por que ele foi morto? Se você der uma olhada nas primeiras linhas de autores como Dan Brown, Frederick Forsyth, entre outros, verá que eles fazem exatamente isso. É claro que existem outras formas de se obter o mesmo efeito. Leia os primeiros capítulos de livros dos autores que você admira e aprenda com eles! Um macete para um bom início é pegar uma parte do texto (seja um capítulo ou parágrafo) e trazê-lo para o início. Este prólogo do Teia Negra era um parágrafo que fazia parte do Capítulo 4!
Lembre-se: um bom início dá o tom do restante do texto e faz com que o leitor tenha interesse em ler o resto!

Julio Rocha

Próximo mês :

Como Descrever Personagens, Locais e Objetos.

7 comentários:

Tohru disse...

ótimas dicas para começar um livro, vou começar a fazer isso no meu livro. já está add nos meus favoritos heim. ótimo o seu site beijosss te amo Lindo

LFT disse...

Muito bom. Dicas assim s�o �timas pra iniciantes como eu. Vou ficar de olho nas pr�ximas edi�es. Meu MSN � lfteodosio@hotmail.com
L� no meu livro voc� falou que tem erros com o tempo dos verbos,e realmente tem. Queria ter prestado mais aten�o nas aulas de portugu�s l� no fundamental. Como me arrependo agora. Ent�o se voc� puder me dar umas dicas ficarei grato. Vou sofrer, mas acredito que � s� praticar.

Anônimo disse...

Dica fantástica, eu com certeza irei adotar está idéia no meu livro.

thayssa disse...

ótimos conselhos
se algum dia eu conseguir publicar meu livro saiba q vc me ajudou bastante!!

jose augusto disse...

por favor tem como postar alguma coisa (ou indicar algum site) que de dicas de como descrever emoções?
gostei muito do site, obrigado pelas dicas!

Suuh_8ml disse...

Nossa ótima dica!!!

Cinha Torre disse...

Adorei.

Postar um comentário